Book Creator

Parábola dos Sete Vimes

by Cristina Santos & Turma 3ºB2

Cover

Loading...
Loading...
Loading...
Loading...
Loading...
Loading...
Este é um livro digital que foi construído pelos alunos do 3º Ano, da turma B, da Escola Básica nº2 de Vialonga.

É o resultado final do Projeto "União", trabalhado na sala de aula com a professora Cristina.

Através da parábola apresentada procurou-se desenvolver várias atividades e aprender entre outras coisas, a importância deste valor intemporal que é a UNIÃO.
Era uma vez um pai que tinha sete filhos. Quando estava para morrer chamou-os todos sete e disse-lhes assim:

-Filhos, já sei que não posso durar muito: mas antes de morrer, quero que cada um de vós me vá buscar um vime seco, e mo traga aqui.
- Eu também? - perguntou o mais pequeno que só tinha quatro anos.

O mais velho tinha vinte e cinco, e era um rapaz muito reforçado e o mais valente da freguesia.

- Tu também - respondeu o pai ao mais pequeno,

Saíram os sete filhos; daí a pouco tornaram a voltar, trazendo cada um o seu vime seco.
O pai pegou no vime que trouxe o filho mais velho, e entregou-o ao mais novinho, dizendo-lhe:
- Parte esse vime.
O pequeno partiu o vime, e não lhe custou nada a partir.
Depois o pai entregou o outro ao mesmo filho mais novo, e disse-lhe:
- Agora parte também esse.
O pequeno partiu-o; e partiu, um a um, todos os outros, que o pai lhe foi entregando, e não lhe custou nada parti-los todos .Partindo o último, o pai disse outra vez aos filhos:
- Agora ide por outro vime e trazei-mo.
Os filhos tornaram a sair, e daí a pouco estavam outra vez ao pé do pai, cada um com o seu vime.
- Agora dai-mos cá - disse o pai.
E dos vimes todos fez um feixe, atando-os com um vincelho. E voltando-se para o filho mais velho ,disse-lhe assim:
-Toma este feixe! Parte-o!
O filho empregou quanta força tinha, mas não foi capaz de partir o feixe.
- Não podes? - perguntou ele ao filho.
-Não, meu pai ,não posso.
- E algum de vós é capaz de o partir ? Experimentai.
Não foi nenhum capaz de o partir, nem dois juntos, nem três, nem todos juntos.
PrevNext