Book Creator

Frei Luís de Sousa em Exame Nacional de Português

by Ana Maria Antunes Salgado Sousa Sousa

Cover

Loading...
Frei Luís de Sousa
Loading...
TEXTBOOK
Loading...
Domínios em Avaliação: Leitura, Educação Literária; Escrita
Loading...
Exame Nacional de Português- código 639
Exame Nacional
2018
1ª fase
Comic Panel 1
MADALENA
(falando ao bastidor)
Vai, ouves, Miranda? Vai e deixa-te lá estar até veres chegar o bergantim; e quando desembarcarem, vem-me dizer para eu ficar descansada. (Vem para a cena.) Não há vento e o dia está lindo. Ao menos não tenho sustos com a viagem. Mas a volta… quem sabe? o tempo muda tão depressa…

JORGE
Não, hoje não tem perigo.

MADALENA
Hoje... hoje! Pois hoje é o dia da minha vida que mais tenho receado... que ainda temo que não acabe sem muito grande desgraça... É um dia fatal para mim: faz hoje anos que… que casei a primeira vez; faz anos que se perdeu el-rei D. Sebastião; faz anos também que… vi pela primeira vez a Manuel de Sousa.

JORGE
Pois contais essa entre as infelicidades de vossa vida?

MADALENA
Conto. Este amor — que hoje está santificado e bendito no Céu, porque Manuel de Sousa é meu marido — começou com um crime, porque eu amei-o assim que o vi… e quando o vi — hoje, hoje... foi em tal dia como hoje! — D. João de Portugal ainda era vivo. O pecado estava-me no coração; a boca não o disse... os olhos não sei o que fizeram; mas dentro da alma eu já não tinha outra imagem senão a do amante... já não guardava a meu marido, a meu bom... a meu generoso marido... senão a grosseira fidelidade que uma mulher bem nascida quase que mais deve a si do que a seu esposo. — Permitiu Deus… quem sabe se para me tentar?... que naquela funesta batalha de Alcácer, entre tantos, ficasse também D. João…

Almeida Garrett, Frei Luís de Sousa, edição de Maria João Brilhante, Lisboa, Comunicação, 1982, pp. 168-169

1) Explique em que medida a afirmação «o tempo muda tão depressa...» (linhas 5 e 6), proferida por Madalena, pode constituir um presságio de tragédia.

2) Ao longo do excerto, Madalena repete oito vezes a palavra «hoje». Justifique os sentimentos manifestados por Madalena na sua última fala e relacione-os com a repetição dessa palavra
CAPTION Half page image nullam nunc eros, vehicula feugiat
Comic Panel 1
MADALENA
(falando ao bastidor)
Vai, ouves, Miranda? Vai e deixa-te lá estar até veres chegar o bergantim; e quando desembarcarem, vem-me dizer para eu ficar descansada. (Vem para a cena.) Não há vento e o dia está lindo. Ao menos não tenho sustos com a viagem. Mas a volta… quem sabe? o tempo muda tão depressa…

JORGE
Não, hoje não tem perigo.

MADALENA
Hoje... hoje! Pois hoje é o dia da minha vida que mais tenho receado... que ainda temo que não acabe sem muito grande desgraça... É um dia fatal para mim: faz hoje anos que… que casei a primeira vez; faz anos que se perdeu el-rei D. Sebastião; faz anos também que… vi pela primeira vez a Manuel de Sousa.

JORGE
Pois contais essa entre as infelicidades de vossa vida?

MADALENA
Conto. Este amor — que hoje está santificado e bendito no Céu, porque Manuel de Sousa é meu marido — começou com um crime, porque eu amei-o assim que o vi… e quando o vi — hoje, hoje... foi em tal dia como hoje! — D. João de Portugal ainda era vivo. O pecado estava-me no coração; a boca não o disse... os olhos não sei o que fizeram; mas dentro da alma eu já não tinha outra imagem senão a do amante... já não guardava a meu marido, a meu bom... a meu generoso marido... senão a grosseira fidelidade que uma mulher bem nascida quase que mais deve a si do que a seu esposo. — Permitiu Deus… quem sabe se para me tentar?... que naquela funesta batalha de Alcácer, entre tantos, ficasse também D. João…

Almeida Garrett, Frei Luís de Sousa, edição de Maria João Brilhante, Lisboa, Comunicação, 1982, pp. 168-169

1) Explique em que medida a afirmação «o tempo muda tão depressa...» (linhas 5 e 6), proferida por Madalena, pode constituir um presságio de tragédia.

2) Ao longo do excerto, Madalena repete oito vezes a palavra «hoje». Justifique os sentimentos manifestados por Madalena na sua última fala e relacione-os com a repetição dessa palavra
CAPTION Half page image nullam nunc eros, vehicula feugiat
Respostas do aluno:
PrevNext