Book Creator

Cartas Pedagógicas

by Eliane Caetano da Rosa

Cover

Loading...
Loading...
Era um verão ensolarado de 2023 na cidade de Jaguarão, Rio Grande do Sul. A Universidade Federal do Pampa (Unipampa) estava agitada com a realização do Componente Cartas Pedagógicas, ministrado pela docente Ana Cristina da Silva Rodrigues. Os estudantes do curso de Mestrado Profissional em Educação estavam ansiosos para vivenciar essa experiência...
O componente Cartas Pedagógicas buscava explorar o poder das palavras e das narrativas pessoais como instrumento de reflexão e transformação na prática pedagógica.
Durante aquela semana intensa, a turma mergulhou nas atividades de leitura , escrita e discussões sobre o papel das cartas pedagógicas na formação de educadores, como método de pesquisa e reflexão sobre a prática pedagógica.
A docente Ana Cristina conduzia as aulas com entusiasmo, compartilhando sua vasta experiência no campo da educação e demonstrando como as cartas podiam ser um recurso valioso para a construção de projetos pedagógicos significativos.
Cada estudante teve a oportunidade de escrever uma carta, explorando sua trajetória na educação básica, suas experiências como alunos e também como futuros educadores.
À medida que compartilhavam as cartas, emoções eram despertadas, algumas risadas e lágrimas eram inevitáveis...
Alguns registros da atividade:
Através das palavras nos comunicamos e descobrimos que tínhamos sonhos e anseios em comum para o futuro da educação.
Que uma carta pedagógica precisa ter um destinatário, deve receber uma resposta e fazer uma provoc (ação)!
Ao final do componente, estávamos imersos em um amplo conhecimento sobre as Cartas Pedagógicas. Percebemos que as cartas poderiam ser utilizadas como uma ferramenta para refletir sobre nossas práticas educativas, compreender melhor os sujeitos da nossa pesquisa e estabelecer uma relação mais próximas com eles. No entanto, surgiu uma decisão importante para nós, mestrandos e mestrandas: escolher o tema de nosso projeto de pesquisa. Algumas pessoas se encantaram tanto com as cartas que começaram a planejar seu projeto de pesquisa relacionado às cartas.
´´É por isso que não é possível reduzir o ato de escrever a um exercício mecânico. O ato de escrever é mais complexo e mais demandante do que o de pensar sem escrever`` (FREIRE, 1997, p.8).
A partir daquele verão de 2023, a semente das cartas pedagógicas foi plantada na nossa turma de mestrandos e mestrandas, sua importância se espalhou e as cartas se tornaram o fio condutor do meu e de outros projetos de pesquisa. Acredito que assim como foi com a nossa turma, as cartas serão uma ferramenta poderosa para transformar vidas e construir um futuro educacional mais promissor.

PrevNext