Book Creator

uso consciente de redes sociais

by Juan

Cover

Loading...
uso consciente de
redes sociais
Loading...
Loading...
Juan Pepe Gonçalves 7°ano A
Muito se debate hoje em dia sobre o uso das redes sociais, pois a internet modificou a maneira como as pessoas se comunicam. Através de um aplicativo elas conseguem fazer várias coisas ao mesmo tempo, e isso tem se tornado cada vez mais frequente no cotidiano das pessoas.
                 As redes sociais passaram a fazer parte do dia a dia, com isso elas acabam se expondo demais nesse mundo digital, o que sugere uma reflexão quanto ao uso consciente de tais mídias. Além disso, é necessário prestar atenção no que se publica nesses aplicativos, pois todo conteúdo que é publicado tanto pode ser visto pelos seus amigos como por qualquer outra pessoa, ou seja, qualquer usuário pode ter acesso as suas publicações. Por outro lado, quando utilizadas de modo responsável e consciente, permitem um intercâmbio de informações, possibilitando a compreensão e a divulgação de vários assuntos debatidos a todo instante no mundo inteiro. Cabe a cada um o discernimento quanto ao uso que fazem das mídias sociais, e estas devem ser encaradas como um instrumento que facilitem a comunicação entre seus usuários.
Uma imagem muito comum hoje em dia: jovens com seus smartphones conversam com amigos, acessam redes sociais, tiram fotos e fazem uma série de postagens que são disseminadas para milhões de outras pessoas na rede mundial de computadores. Mas você sabe o que fazem os adolescentes na internet? Se você é mãe ou pai, sua resposta para essa pergunta deveria ser “sim”. É fundamental orientar e controlar o que as crianças e os adolescentes buscam, veem, fazem, dizem e publicam em um mundo tão vasto como a internet.
                    Uma pesquisa realizada em 2016, aponta que 10% dos jovens entre 11 e 17 anos já acessaram ou tiveram acesso a conteúdos sobre como cometer suicídio e materiais sobre o uso de drogas. Os que acessaram conteúdos sobre como machucar a si mesmos somam 13% e os que procuraram receitas para ficarem muito magros representam 20% dessa categoria. Os números preocupam e alarmam sobre o comportamento dos jovens na internet, já que reflete parte dos seus anseios e até mesmo desejos pessoais. 
           A web funciona como uma verdadeira porta aberta para o que há no mundo lá fora. Ela ajuda crianças e adolescentes em estudos, trabalhos e a descobrirem muitas coisas novas. No entanto, da mesma maneira que a rede pode auxiliar, também oferece risco quando utilizada sem orientação. De acordo com a pesquisa, 82% das crianças e adolescentes brasileiros de 9 a 17 anos são usuários da internet, número que representa mais de 24 milhões de pessoas. E o que esses dados querem dizer? Que nossos jovens usufruem dos benefícios da web, mas, ao mesmo tempo, também ficam expostos a conteúdos inadequados e que influenciam a comportamentos destrutivos, como o uso de drogas, a vaidade em excesso, e até mesmo o suicídio. 
PrevNext