Book Creator

“O Estudo das tradições, artes e ofícios locais” de Monção7.ºano

by Fátima Dias

Pages 4 and 5 of 154

“O Estudo das tradições, artes e ofícios locais” de Monção

Domínio de Autonomia Curricular (DAC) desenvolvido pelas Turmas do 7.ºano, nas disciplinas de Comunicação e T.I.C.
https://concelho.moncao.pt/pt/menu/283/tradicoes.aspx
Festas Tradicionais de Monção
7.ºB
Trabalho realizado por:

Henrique, n.º6
Miguel, n.º16
Edgar, n.º5
Rúben, n.º19
Levantamento do Pau
Texto realizado por: Miguel e Rúben
Sugestão de: Miguel
"Levantamento do Pau” é uma das mais castiças e peculiares tradições do concelho, juntando todos os anos muitos curiosos no lugar do Mosteiro, na freguesia de Longos Vales. Este evento, assinala o arranque das festividades em honra de S. João Baptista que, regra geral, decorrem 15 dias depois.

A tradição consta do levantamento de um pau de eucalipto, com uma altura variável entre 25 e 35 metros, pelos elementos da comissão. Antes do seu levantamento, ocorre um desfile de pessoas mascaradas de santos e outras figuras e atrás vai um camião a transportar o pau.
Loading...
Senhora Da Rosa
Loading...
Texto realizado por: Henrique e Edgar
Loading...
Sugestão de: Henrique e Edgar
Loading...
Loading...

A "Festa em Honra de Nossa Senhora da Rosa",  uma das festividades mais acarinhadas pela comunidade monçanense, realiza-se, habitualmente, no segundo fim de semana de maio, com um programa preparado pela respetiva comissão de jovens e preenchido por diversas atividades religiosas e culturais.

O ponto alto desta festividade é o embelezamento das ruas do centro histórico, por parte de residentes e associações locais, a partir da meia-noite de sábado. Os funcionários da autarquia, com a ajuda de vários elementos de uma associação da localidade galega de Ponteareas, “decoram” o Largo de Camões, espaço fronteiro ao edifício dos Paços do Concelho.
Loading...
Linho em Monção
Loading...
Loading...
Mariana Castro, n.º14;
Marta Franco, n.º15;
Afonso Domingues, n.º1;
Leonor Gomes, n.º9;
Beatriz Correia, n.º2;
Daniel Silva, n.º3.
Loading...
Imagens: D. Carolina Rei
As Fases do Linho
O linho é uma planta, que vem da linhaça, uma semente que tem muitas fibras e é boa para os intestinos, e serve para fazer roupas e outras peças, desde cultivar até finalizar temos várias fases, como por exemplo:
-Ripar
-Espartir
-Roçar
-Tascar
-Espadelar
-Assedar
-Engabelar
-Carpear
-Fiar na roca
-Fiar na fiadeira
-Ensarilhar
-Coser meadas
-Dobar
O Linho
-Falámos com a D. Carolina, de Moreira, uma senhora que trabalha na produção do linho artesanal desde 1990, há 33 anos.

-A Festa do Vale do Gadanha, ou festa do linho já existe há 40 anos, desde 1983, mas a D. Carolina só trabalha nesta festa há 25 anos.
-Numa noite de setembro 1998 a D. Carolina fez um projeto sobre todas as fases do linho, de ripar até dobar. Este foi realizado pela primeira vez no dia 4 de maio de 1999.
A casa do linho
A casa do linho está localizada na antiga Escola Primária de Moreira e tem um tear de lã e 4 teares a tecer linho.
Atualmente estão 6 pessoas, homens e mulheres, mas sobretudo mulheres a trabalhar na casa do linho.
São necessárias 6 pessoas para fazer este trabalho pois é um trabalho demorado.
Gastronomia de Monção

Inês Chen, n.º7
Leonor Fabíola, n.º10
Mariana Passos, n.º13
Rita Silva, n.º18
Simão Pedro, n.º20
https://concelho.moncao.pt/pt/menu/582/roscas-de-moncao.aspx
https://www.receitasemenus.net/cordeiro-a-moda-de-moncao/
As Roscas
- Não é à toa que as roscas de Monção, são uma das 7 maravilhas. No ponto de vista económico é preciso preservar a produção destas.

- A confecção desta sobremesa passa de geração em geração, sendo apenas feita por 4 rosqueiras do Concelho.

- Segundo as pessoas que as fazem com dedicação e amor, as mesmas estão associadas a festas, assim como são confecionadas semanalmente para vender na feira de Monção.
PrevNext