Book Creator

Sem Fronteiras - Índia - 2° ano A

by SIMONE INGENLEUF JOUBEIR

Cover

Loading...
SEM FRONTEIRAS ÍNDIA
Loading...
Loading...
2° ano A
O Taj Mahal foi construído entre os anos de 1632 e 1653, a mando do imperador Shah Jahan. Quando Aryumand Banu Begam, a sua esposa favorita, morreu dando à luz ao 14º filho, o imperador caiu numa grande tristeza.
Também conhecida como Mumtaz Mahal ("A joia do palácio"), Aryumand era a conselheira do marido e o seu grande amor. Algumas versões da lenda contam que foi ela que pediu, no seu leito de morte, que erguessem um monumento em sua homenagem.
Uma das sete maravilhas do mundo, o Taj Mahal é um mausoléu de mármore branco situado na cidade de Agra, na Índia.
Além de ser surpreendente pela sua beleza e simetria, o monumento representa uma história de amor, eternizada pela magnífica construção.
Considerado o mais importante monumento nacional, o Taj Mahal foi reconhecido pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade, em 1983.
O Taj Mahal foi construído entre os anos de 1632 e 1653, a mando do imperador Shah Jahan. Quando Aryumand Banu Begam, a sua esposa favorita, morreu dando à luz ao 14º filho, o imperador caiu numa grande tristeza.
Também conhecida como Mumtaz Mahal ("A joia do palácio"), Aryumand era a conselheira do marido e o seu grande amor. Algumas versões da lenda contam que foi ela que pediu, no seu leito de morte, que erguessem um monumento em sua homenagem.
A narrativa mais corrente, no entanto, é a de que Shah Jahan quis honrar a memória da mulher, mandando construir o Taj Mahal em cima do seu túmulo, como um último presente.
O imperador também ficou conhecido por ser um grande mecenas e ter usado os seus fundos para a construção de vários palácios e jardins.
O monumento se torna ainda mais grandioso quando conhecemos a sua história: é uma prova de amor, o símbolo de um sentimento maior que a própria morte.
Sua construção
O Taj Mahal demorou cerca de 20 anos para ser construído, com o trabalho de 20 mil homens, que vieram de diversos locais do Oriente. Os materiais foram trazidos de várias partes da Índia, e também do Tibet, do Egito e da Arábia Saudita.
Na época, era habitual que os monumentos fúnebres fossem construídos em pedra vermelha. O memorial para Mumtaz Mahal se destacou, no entanto, sendo erguido em mármore branco e decorado com pedras semipreciosas.
A pedra vermelha também está presente na construção: no edifício de entrada, denominado Darwaza, assim como nos muros e nos mausoléus secundários.
O mausoléu principal também tem duas mesquitas, uma de cada lado, e é rodeado por quatro minaretes. As mesquitas seguem o estilo comum desse período, em pedra vermelha e com três cúpulas no topo.
Amelie
PrevNext