Book Creator

Professora Andriele

by PréA-1

Pages 4 and 5 of 69

Escola de Educação Infantil São Francisco de Assis
PORTIFÓLIO
PORTIFÓLIO
VIRTUAL
VIRTUAL
Primeiro trimestre
PréA
2023
PORTIFÓLIO VIRTUAL
PORTIFÓLIO VIRTUAL
Primeiro trimestre
Turma: PréA
Diretora:
Ir. Maria Cecilia Merchiori

Coordenadora:
Ana Rosa de Freitas Böhm

Orientadora:
Quelem Garcia

Professora:
Andriele Lima Gonçalves
Pelotas / 2023
Alunos:
ALICE JARDIM PINHO
ANNA CLARA GUIDO AVILA
ARTHUR MOREIRA CALDEIRA
BENTO DE SOUZA FONSECA NUNES
CARLOS AUGUSTO BERNARDO VIANA AREVALOS LEMES
DIEGO OZÓRIO LINHARES
ELLEN NEUMANN FRANCO
ISABELLA FONSECA BASTOS
LÍVIA MEIRELLES BARBOSA
LUZIA MOITINHO RIPPEL
MARIA LUIZA TUCHTENHAGEN LETTNIN
MARIANA CANIELES TERRA
MATEUS TAVARES GONÇALVES









Educação Infantil
É na primeira infância, de zero a cinco anos, que o ser humano constrói as bases de sua personalidade, formando hábitos e vivenciando valores. Desse modo, qualquer ação psicológica a ser executada nessa faixa etária deve estar fundamentada no afeto, uma vez que o desenvolvimento intelectual se realiza a partir das emoções, que são frutos do relacionamento do educando com o educador.
Consequentemente, qualquer intervenção do espaço educativo irá influenciar decisivamente a maneira de o aluno ver o mundo, pensar, agir e sentir. Muitas atitudes de relacionamento interpessoal se aprendem desde cedo, a partir das experiências vividas positiva ou negativamente.
Por isso, a Educação Infantil torna-se um espaço privilegiado em que a criança desenvolve sua trajetória para, aos poucos, humanizar-se, relacionando-se com outras pessoas e novos ambientes.
Com base em objetivos educacionais bem definidos, o processo de humanização pode ser alcançado mediante experiências significativas de socialização.
Sendo assim, a Educação Infantil não mais pode ser vista como somente uma etapa de recreação e assistencialismo, pois é, antes de tudo, um espaço em que se consolidam o crescimento individual e social, as interações, a construção do conhecimento por meio do brincar, do movimentar-se e do conhecer a si mesmo e ao outro.
Ana Rosa de Freitas Böhm
Coordenadora da Educação Infantil
Loading...
Loading...
Loading...
Loading...
A ESCOLA
Loading...
Loading...
Loading...
Conviver com outras crianças e adultos, em pequenos e grandes grupos, utilizando diferentes linguagens, ampliando o conhecimento de si e do outro, o respeito em relação à cultura e às diferenças entre as pessoas.

Brincar cotidianamente de diversas formas, em diferentes espaços e tempos, com diferentes parceiros (crianças e adultos), ampliando e diversificando seu acesso a produções culturais, seus conhecimentos, sua imaginação, sua criatividade, suas experiências emocionais, corporais, sensoriais, expressivas, cognitivas, sociais e relacionais.

Participar ativamente, com adultos e outras crianças, tanto do planejamento da gestão da escola e das atividades propostas pelo educador quanto da realização das atividades da vida cotidiana, tais como a escolha das brincadeiras, dos materiais e dos ambientes, desenvolvendo diferentes linguagens e elaborando conhecimentos, decidindo e se posicionando.

Explorar movimentos, gestos, sons, formas, texturas, cores, palavras, emoções, transformações, relacionamentos, histórias, objetos, elementos da natureza, na escola e fora dela, ampliando seus saberes sobre a cultura, em suas diversas modalidades: as artes, a escrita, a ciência e a tecnologia.

Expressar, como sujeito dialógico, criativo e sensível, suas necessidades, emoções, sentimentos, dúvidas, hipóteses, descobertas, opiniões, questionamentos, por meio de diferentes linguagens.

Conhecer-se e construir sua identidade pessoal, social e cultural, constituindo uma imagem positiva de si e de seus grupos de pertencimento, nas diversas experiências de cuidados, interações, brincadeiras e linguagens vivenciadas na instituição escolar e em seu contexto familiar e comunitário.

O que diz a BNCC:
DIREITOS DE APRENDIZAGEM E DESENVOLVIMENTO NA EDUCAÇÃO INFANTIL
O EU, O OUTRO E O NÓS (EO)
Trabalha com as experiências que envolvem a identidade e a subjetividade. O foco é o desenvolvimento social e pessoal da criança. 
Identidade e autonomia:
Eu sou assim, eu tenho um nome;
Autoconhecimento e cuidados de si mesmo;
Utilização de diferentes linguagens para comunicar- se e expressar suas ideias;
Demonstração de empatia pelos outros, percebendo que as pessoas têm diferentes sentimentos, necessidades e maneiras de pensar e agir;
Estabelecimento de vínculos afetivos;
Ampliação da comunicação e integração social;
Família;
Integrantes da própria família;
Escola;
Identificação das diferentes dependências da escola;
Regras de convivência;

(Eixo 3) Reverência e cuidado com a vida
- Vivendo e respeitando o diferente.
- Valores e Princípios Franciscanos: reverência, gratidão, gentileza, cortesia e ser fraterno. 
(Eixo 4) Celebração da vida
- Campanha da Fraternidade: temática do ano.

Família (famíly)
Partes do corpo (parts of face) (my body)
CORPO, GESTOS E MOVIMENTOS (CG)
Com o corpo (por meio dos sentidos, gestos, movimentos impulsivos ou intencionais, coordenados ou espontâneos), as crianças, desde cedo, exploram o mundo, o espaço e os objetos do seu entorno, estabelecem relações, expressam-se, brincam e produzem conhecimentos sobre si, sobre o outro, sobre o universo social e cultural, tornando-se, progressivamente, conscientes dessa corporeidade. 
Autonomia;
Reconhecimento das partes do corpo.
Percepção visual e auditiva; 
Equilíbrio estático;
Tonicidade;
Equilíbrio dinâmico;
Lateralidade;
Exploração dos movimentos de coordenação motora ampla e fina.

(Eixo 4) Celebração da Vida 
- Celebrações e Festas Religiosas (Mística da Páscoa)
TRAÇOS, SONS, CORES E FORMAS (TS)
Conviver com diferentes manifestações artísticas, culturais e científicas, locais e universais, no cotidiano da instituição escolar, possibilita às crianças, por meio de experiências diversificadas, vivenciar diversas formas de expressão e linguagens, como as artes visuais (pintura, modelagem, colagem, fotografia etc.), a música, o teatro, a dança e o audiovisual, entre outras.
Linguagem musical/ visual 
Audição de músicas variadas;
Coordenação viso-motora
Elementos musicais
Cores.
PrevNext