Book Creator

PEQUENAS POESIAS

by arlete carvalho

Pages 2 and 3 of 12

Pequenas poesias
Prof. Arlete Criações
Loading...
Loading...
My Cat!

Meu Purunga, meu gatinho
Ele era bem fofinho
Seu pelo tão brilhante
Reluzente igual a um diamante!

Com seu jeito assustado
Procurava se isolar
E subia no telhado
Para sempre descansar!

Não acredito que você se foi
Quantas saudades você deixou
Meu gatinho favorito
Que minha vida marcou!

Luiz Henrique Archanjo Lopes
Loading...
A beleza da Natureza

A natureza é tão linda,
A natureza é tão bela
Pena que os homens estão acabando com ela.

É tanta poluição
Sujeira mais degradação.
Que respirar arde o pulmão.

Ainda tem solução
Só precisa de dedicação
Colocar todo amor do coração.

A natureza tem muita beleza,
Mas o homem só vê destruição
E o fogo corre pelas florestas
E deixa os animais sem chão.

João Gabriel Ribeiro Campos
Loading...
Girassol!

O girassol amarelinho.
Acompanha o solzinho,
É grande e belo
Vai girando de mansinho.

Cheio de sementinha, ele é
Sementinha bonitinha
Como o botão das florzinhas
Ele é grande e lindão.

Redondinho é o pólen
E oval são suas pétalas
Se grandinho ele é,
Verde e amarelo ele fica.

Ingredi da Silva Feitosa Oliveira
A amizade verdadeira!

A amizade verdadeira,
É algo de se admirar
Pois sei que sempre terei
Com quem contar.

Aquela pessoa que está
Sempre ao teu lado,
Que você pode confiar,
Que nunca te abandona
E está sempre pronto
pra Te ajudar.

Sou grata por todos
Os meus amigos de coração,
Espero que todos cresçam
comigo em união.

Pois os meus amigos
São companheiros,
Verdadeiros e queridos
e sempre contam comigo.

Rayssa Marques Borges
Do Oriente ao Ocidente

No Oriente nasce o Sol,
O Sol de Porangatu, lugar que muitos dizem
Que é a Lenda de Angatu.
Hoje vou lhes contar, a história,
A história de Porangatu.

Antigamente esse lugar se chamava Descoberto
Onde poucos se estabeleceram e ali permaneceram.
Mas todos precisamos de água, porém,
Ali não havia. Só havia água salobra,
Que não dava nem para lavar roupa.

Certo dia houve um milagre, água potável apareceu!
E de um poço confiável, o Descoberto se abasteceu!

No Ocidente o Sol se pôs e nasceu Porangatu.
Lugar de bela paisagem e que não tem
Nada haver com Angatu!

Louizi Alves Lobato
Na minha cidade

Na minha cidade tem festa de pecuária,
Tem rodeio, shows e tem parque
Tem roda gigante, carrossel e Carrinho de bate-bate.

Na minha cidade tem uma lagoa,
Nela tem capivara e jacaré
As pessoas gostam de caminhar
E chupar sorvete e picolé.

O entardecer na lagoa é muito divertido,
Tem pula-pula, pipoca e algodão doce colorido,
Aos domingos tem feirinha e brincadeira
Mas temos que logo ir embora,
Pois amanhã é segunda-feira.

Morar nessa cidade é muito gostoso,
Me sinto muito à vontade e orgulhosa
Se você não conhece Porangatu
Te faço um convite a conhecer.
Aqui o pessoal é receptivo
E você nuca mais vai esquecer!

Mariana de Castro Moritz
A natureza pede socorro

Incêndios ou queimadas?
Eis a questão,
E o Brasil está longe de ter uma solução.

Estratégias são traçadas
Com idéias da solução
Para resolver as queimadas
E evitar a devastação.

Vamos reagir
Com indignação,
Pois cuidar da natureza
É a nossa obrigação.

Guilherme Filipe Teodoro dos Santos
PrevNext